5.8.08

Paleta Natural

Para meu pai e minha mãe

Quantas vezes peguei o ônibus na hora do crepúsculo e tive que me conter para não chamar a atenção de todos para o espetáculo do pôr-do-sol?
Quantas vezes não resisti e apontei para a Lua, convidando a olhar quem estivesse ao meu lado?
Quantas vezes parei nas ladeiras para sentir os jasmins e apanhar alguns para perfumar minha juba?

Quantas cores meus pais plantam nos nossos jardim e quintal?
Saí de casa com a máquina para responder a esta última pergunta. A única que poderei.
Todas.
Com elas, fiz esta minipaleta de tons e brilhos, foscos e transparentes, frios e quentes.

E ainda agora, acreditem ou não, olhei para o céu e a paleta de Deus estava lá:
um arco-íris despedia-se da luz.
Lindo!

É assim que vejo ao olhar para fora de casa:
de todas as cores.

Muitos beijinhos...
eva

2 comentários:

Susana Costa disse...

Eva,
Navegar por aqui é o mais puro alimento da Vida: Amor!
Os textos, as fotos, seu trabalho, sua energia... Tudo aqui é perfeito!
Um beijo enorme no seu coração!
Su

edson disse...

como faço para adquirir seu trab , trab como consultor criativo e gostaria de agregar esta sua arte edson_elidio@bol.com.br ( moro no interior de sp ) agaurdo reorno edson elidio jan 209