27.11.08

Nascedouro

Tem coisas na vida que só a sorte explica!

; )

Há pouco mais de um mês,
estou ministrando oficinas para um grupo fantástico.
O Majê Molê é mais que um grupo de dança afro.
É uma família para as meninas que o integram!

Sua sede provisória fica num lugar lindo, restaurado e povoado por iniciativa do Movimento Cultural Boca do Lixo, dos meus amigos Vinicius, Daniel e uma galera. Esses meninos montaram uma biblioteca muito viva no lugar.
Mas, se você pegar um táxi e pedir para ir ao Nascedouro, não vão lhe entender. A cidade continua chamando o lugar de matadouro, por conta da seu antigo uso.

Arlene Williams me convidou para o projeto Ciranda da Paz, da Secretaria de Saúde de Olinda, que tem como objetivo difundir a Cultura da Paz entre crianças e adolescentes. Acho que a galerinha está curtindo!
Estamos começando uma produção para expor no início de dezembro.
As aulas acontecem nas quintas de manhã e sábados à tarde.
; )

Mostrarei tudo!

Beijinhos...
eva Renata e Jaque sempre usam rosa em suas produções. A turminha também aglutina professores, como Nino (E). Jamille dobra-dobra...

5 comentários:

Bela ms disse...

Encantador o seu blog.
Me deixou sem palavras....
Estou te linkando no meu...
Beijos

maite disse...

EVA, VC É DEMAIS!!!

Dine disse...

Eva, o amor e um dom de Deus, e com certeze ele te comtemplou por inteiro nete dom...voce e uma linda! beijos

Pirolitos disse...

Continuo a dizer... quem me dera estar ao teu lado para poder participar nesses projectos que tanto fazem falta por este mundo fora!

Bjs,

Odete

ADri disse...

Oi, Evinha!

Fiquei emocionada! As meninas e os meninos parecem muito felizes dobrando.

Eu acredito que a arte pode melhorar e até mudar a vida das pessoas! sim, eu acredito!

Beijo grande,
Adri.