14.6.11

Dancing with Beatriz Milhazes



As telas de Beatriz Milhazes...
são como jazz, como se cada instrumento seguisse tocando à vontade, sem ensaio, o compasso a dar o tom do conjunto. Os encontros, a harmonia quase ao acaso.
são como Carnaval, feito de multidões de experiências individuais. Cada folião, uma folia em si, uma fantasia.
são como cidades, feitas de movimentos, cores e formas, caminhos que se cruzam ou não, vidas que dialogam ou não. Muita coisa ao mesmo tempo paralelamente se dando no espaço. Camadas de vida. O suporte bidimensional abstrai-se para o contínuo desabrochar das flores, o piscar de estrelas, o espoucar de fogos de artifício. Fluem ondas, corações batem.
Energia, alegria, força, vibração. Plural. Simultâneo.
Muito feliz meu encontro com "Dancing".



3 comentários:

Maité disse...

Também amo Milhazes...

ADri Mendonça disse...

Fiquei fã tmb!
Bjin

ADri Mendonça disse...

Dancing é uma boa definição. O dinamismo desta tela é marcante! :***